segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

SOMENTE UMA QUESTÃO DE VALOR: NÃO FINANCEIRO, MAS SIM MORAL, ÉTICO!

Quer pagar quanto?

Entrei no site do Restaurante Brasa Gourmet, ontem, 05.02.12 e lá marcava o rodízio de pizzas R$ 18,90.

Resolvi então ir assistir ao jogo Flamengo x Botafogo lá. E aí na hora de pagar a conta notei que o preço praticado por eles é de R$ 20,90. Quando perguntei ao gerente, ele realmente confirmou a diferença de preços e disse que eles estavam tentando entrar com contato com a pessoa responsável pelo site para que esta fizesse a atualização, e que cartazes na porta do restaurante indicavam o preço do rodízio.

O gerente então, chamou outro gerente disse que eu havia visto o preço do site e que o preço seria ajustado pra mim. Seria, mas não foi.

Até chegar ao caixa esse outro gerente pediu desculpas, mas disse que o preço é esse desde dezembro, ou seja, em dois meses eles não conseguiram fazer alguém atualizar o site. E disse que o preço que eu deveria pagar seria o praticado por eles. 



Leia o texto na íntegra em ► http://on.fb.me/AuVZJG

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Afinal quem é o peixe quem é o tubarão?



Pois é aquela música do Fagner que diz que 'queria ser um peixe...' não cola 
mais comigo. 

Não depois do que o site Peixe Urbano fez. 

Havia uma promoção que se você baixasse o aplicativo deles no seu smartphone e fizesse o seu login, você ganharia um crédito de R$ 30,00. 

Confesso que não tenho a lembrança de que no e-mail enviado (e infelizmente apagado por mim) havia uma data de validade para que o tal crédito fosse consumido. 

Acontece que no meu extrato do Peixe Urbano há outros créditos em que isso é informado no campo VALIDADE, e esse não é. 

Eu pergunto por quê? Descuido? Descaso? Falta de respeito? Falha do digitador?

É sabido que muitos desses e-mails são lidos e apagados e às vezes algumas


informações se perdem. Não seria muito mais justo já que existe um campo VALIDADE que essa informação seja informada lá? 

É um pouco diferente dos vale-presentes que eles mandam por e-mail e que mutas das vezes podem ser usados somente no próprio dia . E é um crédito que obriga você a manter o e-mail, pois você é obrigado a digitar uma palavra-chave para obter o tal desconto. E com isso você tem a data de validade bem definida.

O site Peixe Urbano não consegue enxergar a coisa numa visão macro. O pensamento deles é micro. Que não condiz com a sua posição no mercado de compras coletivas. 

A questão é muito simples. Posso ter errado em não memorizar a data de validade do crédito de R$ 30,00, mas eles erraram mais em não disponibilizar essa informação no local apropriado para ela que teria evitado tudo isso. E pelo visto depois de mensagens trocadas pelo twitter, face e pelo fale conosco a decisão deles parece ser a de me imputar a culpa. O que é lamentável!

Então pelo visto eu sou o peixe e ele, Peixe Urbano, o tubarão que pelo visto pode tudo. Até ser injusto. 


Pequena Observação:

Eu já trabalhei num site de compras coletivas, e numa de minhas funções era a de responsável pelo atendimento ao cliente, onde durante o tempo em que trabalhei consegui que o site não tivesse uma reclamação sequer do nosso atendimento. Eu tratava os clientes como nosso bem mais precioso e quando via que o cliente tinha a sua razão eu brigava por ele. Muitas vezes até conseguia me antecipar e evitar que um problema nossa provocasse um estrago maior. Cheguei a ligar para a casa de clientes nossos para resolver a questão pessoalmente. Tudo bem que a proporção de clientes entre esse site e o Peixe Urbano é absurda, mas mesmo assim sinto que o atendimento do Peixe Urbano e de outros sites de compras coletivas deixam a desejar em quase todos os aspectos.

sábado, 4 de fevereiro de 2012

OH DILLLLLLLLLLLMAAAAAAAAAAAAAAAAA!!

Você é boa!!! Mais um ministro que cai em seu governo!! Uhuhuhuh!!

Daqui a pouco você vai pro Guiness!!

Mas para não dizer que eu só ponho pimenta e lenha na fogueira, mandei fazer 



um bolo pra gente comemorar..... Pode 'to be' ?

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Kassab, o Papai Noel fora de época! (Com Lula e o Crack)

Queria um Kassab assim na minha vida. Nem que fosse para me dar somente uma vez um presente desses. 

Pois é, Kassab foi à Câmara Municipal, na abertura dos trabalhos do ano, - afinal já estamos em fevereiro e alguém tem que trabalhar nesse país, né? - entregar um projeto de lei que concede, por 99 anos, o direito de uso de duas áreas na cracolândia ao Instituto Lula. 


Confira o texto na íntegra em ► http://on.fb.me/wSTQJH

domingo, 29 de janeiro de 2012

Estamos também no Facebook agora!

Queridos amigos, 


Estamos agora também no Facebook. 


►http://on.fb.me/yvtAwl


Caso queiram, esperamos vocês por lá!


abraços literários, 


Claudio

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Crack um problema de todos!®


Combater o CRACK da maneira que estão fazendo é uma forma estúpida e descabida.  

Não estão preocupados em ajudar essas pessoas.   

Estão fazendo um trabalho de faxina e empurrando o problema para debaixo do tapete. Esses usuários que estão nas cracolândias são pessoas que precisam de assistência, educação, saúde.

Isso se torna um problema de todos a partir do momento em que muitos não percebem a real realidade, a situação como ela é. É muito fácil ver o lado que querem mostrar. 

E as várias reportagens que têm saído nos jornais vem justamente querer ajudar a reforçar essa limpeza incutindo o medo nas pessoas e com isso tentando justificar o injustificável.

Ainda não vi nenhuma reportagem que falasse de outras ações do governo e das prefeituras para ajudar essas pessoas. 

Em nenhum momento li que iriam destinar x reais para financiar projetos novos e outros já existentes que carecem de recursos. 

Recursos para criar novos núcleos de atendimento ao usuário, manter e melhorar os que já estão em funcionamento e remunerar de forma digna e decente os excelentes profissionais que lá trabalham  e que estão voltados para realmente ajudar essas pessoas. É um trabalho que deveria ser bem mais valorizado. 

Mas quando se trata da Saúde Mental os donos da caneta parecem que nunca tem uma no bolso na hora de fazer o cheque e escrever o SIM na destinação de dinheiro. É mais fácil reformar um gabinete, aumentar verba de gabinete, trocar a frota de carros.

Não adianta tirá-los das ruas jogá-los em qualquer lugar e jogar a chave fora. 

Vale lembrar que os outros usuários de CRACK "invisíveis" quando consomem o fazem em seus apartamentos de frente pro mar e longe dos olhos famintos de um governo e de prefeituras que querem só arrumar a casa para a foto de um novo cartão postal. Afinal vem por aí uma Copa do Mundo e Jogos Olímpicos. 

Existem maneiras e maneiras de se tratar uma pessoa. Mas primeiro eles precisam saber que estão realmente lidando com pessoas e não com animais. Infelizmente escolheram a forma errada 


quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Enchentes 2012: Caso de Polícia!

Revoltante. Não tem outra palavra. Mais uma vez fica claro de como as coisas funcionam aqui em nosso país. Ou como não funcionam. 

Não é possível que só eu esteja vendo isso e que todas as outras pessoas estejam vendo o contrário.

Nada contra o povo de Pernambuco. Absolutamente nada. Mas tudo contra a desfaçatez do ministro Fernando Bezerra. Não é possível! 

Assim como aconteceu em 2011, leio hoje estarrecido que novamente Pernambuco é o grande beneficiado para receber uma generosa verba contra enchentes. Só lembrando se é que adianta, que Pernambuco é reduto político do dono da pasta, o senhor Fernando Bezerra.  

Coincidência? Não pode ser. Não me venham com esse papo. É sei lá o que. E ainda sou obrigado a ouvir o ministro dizer que não se pode discriminar o estado (Pernambuco) por ser o seu. Ah não? E os outros estados? 

Será que Bezerra usa antolhos e não enxerga onde está a necessidade real?

Será que ele não vê que regiões aqui do Rio de Janeiro nem foram reconstruídas ainda da catástrofe sofrida ano passado, voltaram a sofrer com as chuvas esse ano? Sem falar em outras regiões como Minas Gerais?

Onde está o bom senso que na verdade nunca existiu? Mas mesmo assim arrisco perguntar?

Meu Deus, esse ano para Pernambuco, serão R$ 81, 4 milhões, ou 11,6% dos recursos. E nem venham falar que a coisa já melhorou, pois em 2011 Pernambuco tinha recebido 21,9%. Só para comparar, Nova Iguaçu, um dos 56 municípios prioritários, recebeu em 2011, R$ 2,5 mil (dois ml e quinhentos reais). Imagina quanta coisa é possível se fazer com essa fortuna. Estão de brincadeira. Melhor ficar quieto. Fala nada. 

E isso tudo ainda depois da presidente Dilma ter feito uma intervenção? A presidente tinha que intervir o ministro. 

Em vez de ser um país que vai pra só frente, é um país que pode até ir para a frente, mas parte vai pro ralo. 

VERGONHOSO!!